12 mar 2020

Aprenda a fazer um planejamento financeiro familiar

Compartilhe:

Você sabia que o índice de inadimplência no Brasil atingiu o recorde de mais de 63 milhões de cidadãos endividados?

Isso reflete uma triste realidade e a emergente necessidade do brasileiro aprender a ter um planejamento financeiro familiar eficiente.

Pensando nisso, elaboramos este conteúdo com uma série de dicas de planejamento financeiro familiar para você colocar em prática. Continue acompanhando a leitura do conteúdo para saber mais sobre o assunto!

 

Qual a importância de um planejamento familiar financeiro?

Não são raros os problemas familiares causados pela falta de dinheiro. Afinal, o descontrole sobre as despesas e a receita mensal traz insegurança a todos os membros da família e afeta diretamente a qualidade de vida.

É comum que as pessoas da casa passem a culpar umas às outras pela excessividade de gastos. Contudo, esse não é o caminho para um planejamento familiar financeiro inteligente e eficaz.

O primeiro passo é reconhecer que esse é um problema coletivo e, consequentemente, a solução também deve ser. Se a família se unir para sair da inadimplência e buscar por mais equilíbrio entre as despesas e receitas, certamente alcançará seus objetivos com muito mais facilidade.

 

Como montar um planejamento financeiro familiar?

Montar um planejamento familiar é mais fácil do que você imagina. Confira nossas dicas:

 

Reduza os gastos e aumente os ganhos

De forma simplificada, há dois meios de aumentar o poder aquisitivo familiar: diminuir as despesas ou ganhar mais dinheiro. Sendo assim, por que não investir nas duas estratégias ao mesmo tempo?

Para isso, planeje suas compras e momentos de lazer, pois isso evitará os gastos impulsivos, que são os verdadeiros vilões das finanças. Além disso, antes de realizar compras de itens de alto valor, converse com seus familiares para analisar o quanto as parcelas pesarão no orçamento nos próximos meses.

Uma ideia interessante para organizar melhor as contas é utilizar uma planilha de planejamento financeiro familiar. Nela, você pode criar uma tabela para discriminar todas as fontes de renda e, em outra, as despesas da casa. Dessa forma, fica muito mais fácil analisar quais pontos estão pesando mais no orçamento e o que pode ser reduzido ou cortado.

 

Negocie suas dívidas

Se sua família já entrou na inadimplência, não significa que não há mais nada que possa ser feito. Na verdade, hoje em dia os órgãos de fiscalização de crédito como SPC e Serasa, além das instituições bancárias, oferecem ótimas condições de negociação e até mesmo descontos para consumidores que desejam quitar suas dívidas.

Entre em contato com seus credores e tente negociar para chegar em soluções que caibam no orçamento familiar.

 

Aprenda a guardar dinheiro

Guardar dinheiro pode parecer uma utopia em um país como o Brasil, mas a realidade é que muitas pessoas vivem no aperto por falta de planejamento financeiro familiar.

O hábito de gastar mais do que se ganha é o que faz com que seja impossível ter uma reserva para emergências — perda de empresa, problemas de saúde, etc — ou investimentos.

É preciso ter disciplina e pode levar um tempo, mas o fato é que quando você e sua família conseguirem ver que estão construindo algo significativo, terão uma grande sensação de conquista.

 

Defina objetivos financeiros

Trabalhar com metas estipuladas é uma das melhores formas de focar seus esforços e investimentos em uma única direção. Isto é, ao estabelecer objetivos financeiros — compra de um imóvel, pagamento de uma faculdade, investimento no mercado financeiro, etc — você e sua família têm um ponto específico para se nortearem.

É importante determinar se a meta em questão é de curto, médio ou longo prazo, pois é com base nesse tipo de informação que você terá uma ideia de quanto precisa economizar por mês para atingir o objetivo dentro de um determinado período.

O que queremos dizer é que, ao se apoiar em metas, é mais fácil manter a motivação e entender os motivos pelos quais está valendo a pena fazer alguns sacrifícios.

Como você pôde conferir neste artigo, elaborar um planejamento financeiro familiar não é uma tarefa impossível de ser realizada.

Basta ter disciplina e trabalhar em conjunto com as outras pessoas da casa. Não tenha dúvidas de que é muito mais fácil guardar dinheiro para conquistar bens se todos se unirem pelos mesmos objetivos!

Você acredita que tem controle financeiro suficiente para fazer um planejamento financeiro familiar? Descubra neste post!