Mitos e verdade sobre comprar um apartamento para morar sozinho

FONTE: -A +A
COMPARTILHAR:

Morar sozinho

Morar em um apartamento seu pode ser um verdadeiro objetivo de vida, mas você já refletiu sobre os mitos e verdades sobre morar sozinho?

Algumas dificuldades que você escuta ou lê por aí são exageradas e não condizem com a realidade, mas também há algumas vantagens que podem não ser tão boas assim! Veja alguns mitos e verdades a respeito de morar sozinho, e decida sobre esse importante passo de maneira responsável.

É preciso poupar por anos para comprar um apartamento:

economizar para comprar um imovel

Não necessariamente. Claro que é vantajoso ter uma boa entrada para amenizar o valor das prestações, mas há muitas outras formas de se planejar para realizar o sonho de morar sozinho.

O programa Minha Casa Minha Vida pode auxiliar famílias com renda bruta de até 7.000,00 mensais, com financiamento mais flexível e planos de pagamentos que podem se adaptar bem às necessidades mais diversas.

Você vai aprender a limpar, lavar, passar, cozinhar:

responsabilidade de morar sozinho

Ou você aprende, ou você aprende! Morando sozinho é sua a responsabilidade cuidar das atividades domésticas. Não há outra pessoa para fazer isso, portanto você terá que aprender a cuidar da sua casa, ou precisará contratar alguém. Mesmo nesse caso, você se torna mais responsável e organizado para manter a limpeza por mais tempo, pois aprende a dar mais valor ao suado dinheiro gasto para custear esses serviços.

Você tem que arcar com altas despesas sozinho:

Sim, mas nem sempre as despesas são tão altas. Quando você mora sozinho, principalmente se você trabalha e ainda faz outras atividades como academia, dança, ou cursos, seu apartamento vai ser usado por um curto espaço de tempo no seu dia.

Além disso, é provável que você só faça uma refeição em casa, portanto despesas com gás serão muito menores, fora uso menor da geladeira, micro-ondas e redução do uso de água para cozinhar e lavar louça. Sendo assim, contas de luz e água serão baixíssimas.

Você se torna mais responsável:

Inevitavelmente sim. Mesmo que você seja uma pessoa desligada e não faça esforço para mudar, será preciso pagar suas dívidas, controlar as despesas, limpar a casa… É isso, ou viver em um lugar inabitável com risco de expulsão por inadimplência!

Como todos sabem que não devem chegar a esse ponto extremo, acabam se adaptando e se organizando da melhor forma possível e aprendendo a ser cada vez mais responsáveis.

Você pode dar festas sempre que quiser:

festa no apartamento

Pode sim, até duas por dia, mas nem tudo são flores. Quando se mora sozinho, você sozinho decide quando dará uma festa, porém será você sozinho a limpar toda a bagunça. A não ser que tenha amigos formidáveis que ajudem na limpeza, será responsabilidade sua e somente sua, deixar tudo em ordem.

Você precisa ser rico:

As pessoas pensam que ter um apartamento é sinônimo de riqueza. Não é bem assim. Se você arca com o financiamento, paga suas contas, e ainda tem dificuldades em controlar os gastos é provável que tenha as finanças apertadas!

Na verdade, qualquer um pode morar sozinho no seu próprio apartamento, mas é preciso ter responsabilidade com os gastos para não ficar no vermelho. Não é preciso ser rico, apenas organizado financeiramente.

Você está pronto para vivenciar essa experiência? Deixe de ouvir os boatos, pense nos seus maiores desejos, nas suas maiores dúvidas e pesquise. Você vai se apaixonar cada vez mais pela ideia de ter um lar só seu e vai perceber que não é um sonho tão distante se você souber planejar bem a compra de seu primeiro apartamento.

COMPARTILHAR:

COMENTÁRIOS:

E ai, o que achou?
Deixe o seu comentário!