24 dez 2020

Quarto de apartamento pequeno: como torná-lo mais aconchegante e funcional?

Compartilhe:

Nosso quarto: o templo do descanso. Onde paramos da correria do dia a dia para recarregar as energias para um novo ciclo. O lugar onde passamos horas vendo televisão, lendo um livro ou até mesmo trabalhando, para quem faz home-office e não tem outro lugar na casa. 

Com tantos usos e a tendência de que os apartamentos sejam mais compactos, temos que saber aproveitar ao máximo cada centímetro para que nossos quartos sejam ao mesmo tempo acolhedores e funcionais.

Quer saber como combinar isso tudo? Continue a leitura e saiba como tornar seu quarto de apartamento pequeno um lugar incrível!

Evite excessos

No artigo Como aproveitar melhor o espaço na sala de apartamento pequeno? afirmamos que uma das regras mais básicas para mobiliar espaços reduzidos é: menos é mais.

Dentro dessa perspectiva, se o seu quarto é pequeno, encher ele de coisas, seja no piso ou nas paredes, vai dar uma sensação de que o ambiente é menor ainda. 

Dito isso, prefira uma decoração que preze pelo minimalismo, usando somente coisas essenciais: cama, mesa de cabeceira e guarda-roupas formam o kit ideal para mobiliar um quarto. Mas você também pode instalar uma mesa de trabalho (já já te contamos melhor) e usar truques que deixem o ambiente mais amplo.

Cama, qual é a melhor?

Antigamente, a cama só servia para deitarmos. Hoje em dia, há soluções que permitem que todo esse espaço abaixo do colchão, que não tinha muita utilidade, passe a ajudar a guardar coisas. São as chamadas camas-baú, ideais para guardar roupa de cama, de banho e objetos de pouco uso. 

Já quando pensamos no tamanho ideal para a cama, isso depende de alguns fatores: sua altura, o espaço que você ocupa na cama e, claro, o local disponível para colocá-la no quarto.

Algumas pessoas optam por ter apenas a cama no quarto, com poucos apetrechos, e deixam o guarda-roupas em um segundo cômodo da casa. Se isso for possível, ótimo. Mas, se a família é maior, é preciso pensar bem no que cabe ou não no quarto de apartamento pequeno. 

Para o quarto dos filhos, se não cabem duas camas no piso, aposte em beliches. Há modelos que vêm com gaveteiros embutidos na parte de baixo da cama e que funcionam como a cama-baú. Também existem opções incríveis que são retráteis e as conhecidas bicamas. 

Mesa de cabeceira e mesa de trabalho ou estudos

Ficar sem uma mesinha de suporte do lado da cama complica um pouco as coisas. Não precisa ser tão grande, só o suficiente para carregar o celular, colocar uma luminária e alguns outros objetos. Neste caso, sugerimos designs mais leves, com uma gavetinha e não mais que isso. 

Tem camas que vêm com uma placa de madeira, como uma prateleira incorporada, que funciona como mesa de cabeceira. O problema desse tipo de mobiliário em quarto de apartamento pequeno é que é mais difícil girar a cama para outra posição. 

Se para você for imprescindível ter uma mesa de trabalho ou estudos no seu quarto, dá pra tentar deixar de usar a mesa de cabeceira e usar a mesa de trabalho em seu lugar. Seria como um “dois em um”, no qual você aproveita essa superfície tanto como suporte da cama como para suas tarefas. 

E se você não tem espaço para uma mesa fixa, vale a pena apostar nas soluções que se transformam. As mesas retráteis são super práticas neste sentido: podem ser montadas e desmontadas facilmente, economizando espaço. 

Uma boa ideia é investir em um projeto que use móveis planejados. Eles equilibram beleza e praticidade, ao considerar somente as suas necessidades pessoais na hora de desenvolver o projeto. Feitos completamente sob medida, são ideais para quartos de apartamentos pequenos. 

Circulação no quarto

Organizar o ambiente de forma que o fluxo não seja comprometido é uma das principais dicas aqui.

Uma cama que “barra” a pessoa logo na hora em que ela entra no quarto dá a sensação de que o ambiente é menor. Neste sentido, tente sempre colocá-la o mais longe possível da porta.

A circulação também se percebe na forma como você se move entre tudo que está presente no seu quarto. De acordo com arquitetos e decoradores, o espaço mínimo sugerido entre móveis é de 90 cm. Isso vale para qualquer lugar por onde você tenha que passar dentro do seu quarto. 

Cores

As cores também têm influência direta sobre a percepção do espaço. Cores e papéis de parede mais claros ajudam a deixar o ambiente mais amplo. Cores escuras, por outro lado, “diminuem” o ambiente. Se você quiser pintar alguma parede diferente, aposte em tons suaves.

Espelhos

Um dos recursos que mais tem potencial para dar uma sensação de amplitude em qualquer ambiente são os espelhos. Cobrir uma parede de espelhos, ou mesmo parte dela, é um dos melhores artifícios para que o ambiente seja percebido como maior do que realmente é. Além disso, ainda dá um tom de elegância ao quarto.

Roupa de cama

Por último, mas também muito importante, capriche na hora de escolher sua roupa de cama. Principalmente em quartos de apartamento pequeno, a roupa de cama acaba se destacando mais. Então tenha alguns coringas no seu armário e sempre deixe esse móvel com cara de melhor lugar do mundo!

Não é porque um ambiente é pequeno que ele não pode ser um lugar fantástico. De fato, quantas vezes você já não deve ter visto fotos em revistas de decoração que mostravam cômodos pequenos, mas solucionados de uma forma genial? 

Se não der para ficar igual à revista, não tem problema, mas a gente faz o que pode com o que tem à disposição, certo? O mais importante é que seu quarto fique com a sua cara e seja um lugar no qual você goste de estar.

Esperamos que nosso artigo tenha jogado um pouco de luz sobre sua busca de ideias para quartos de apartamento pequeno! E, se quiser dar continuidade à sua pesquisa, não deixe de conferir essas 7 dicas de decoração para quartos pequenos!