cromoterapia em ambientes
24 mar 2020

Cromoterapia em ambientes: como manter a energia da sua casa equilibrada?

Compartilhe:

Se você chegou até este artigo procurando por informações sobre cromoterapia em ambientes residenciais, deve saber que essa prática é muito utilizada para auxiliar no equilíbrio físico e emocional por meio dos efeitos energéticos que as cores emitem.

Segundo a prática, cada cor do arco-íris tem uma vibração diferente e provoca efeitos e sensações que influenciam nos espaços que se propagam. Dessa forma, muitas pessoas a utilizam na composição e decoração da casa para melhorar a qualidade de vida do lar.

Conseguimos despertar seu interesse? Então acompanhe a leitura deste artigo para saber tudo sobre como as cores podem equilibrar as energias da sua casa!

 

Em quais ambientes a cromoterapia pode ser usada?

Como você pôde entender até aqui, a cromoterapia consiste em limpar, purificar e intensificar as energias do ambiente por meio do uso de cores específicas. Sendo assim, não há limitação em relação aos espaços em que ela pode ser usada. Isto é, você pode aplicá-la:

  • nos quartos;
  • na sala de estar;
  • na cozinha;
  • nos corredores;
  • no banheiro.

E em qualquer outro ambiente que desejar.

 

Como aplicar a cromoterapia em um ambiente?

cromoterapia vermelho

Vermelho

Os olhos humanos enxergam a cor  vermelha com mais facilidade do que as outras cores, pois é um tom quente, tem ligação com força e vida e está diretamente relacionada ao elemento fogo.

Além de estimular força de vontade e coragem, ela promove a melhora do fluxo sanguíneo, estimulando o sistema circulatório. Por isso, é ótima tanto para salas de casas de pessoas tímidas quanto para quartos de casais, já que estimula a sensualidade.

Também pode ser aplicada na cozinha ou na sala para incentivar a sociabilidade e o apetite. Contudo, evite aplicar o vermelho em excesso, pois pode trazer resultados controversos, como nervosismo, ansiedade e excitação.

cromoterapia laranja

Laranja

O laranja é responsável por proporcionar sensações de conforto quando utilizado de forma equilibrada, já que é uma cor bastante próxima do vermelho.

É uma tonalidade “antidepressiva”, que estimula a comunicação e a criatividade em doses pequenas. Também é capaz de aumentar o apetite, por isso é comumente utilizada na decoração de cozinhas.

Para utilizá-la com equilíbrio, considere ter apenas detalhes em laranja, como utensílios, talheres, xícaras ou pequenos itens decorativos.

cromoterapia amarelo

Amarelo

O amarelo é a cor mais ligada ao Sol e à luz, por isso tem o papel de iluminar ambientes escuros.

Sendo assim, você deve evitar aplicá-la em superfícies e áreas extensas, pois a incidência excessiva de luz pode incomodar os olhos.

O amarelo é perfeito para o autocontrole e para o estímulo do raciocínio, o que o torna perfeito para um local de estudos e reflexão, como o quarto ou a sala de leitura.

Ressaltando que seu excesso pode trazer preocupação, já que fará com a pessoa “pense demais”. Além disso, ela ajuda melhorar as funções intestinais, limpando o sistema linfático.

cromoterapia verde

Verde

O verde está relacionado aos elementos da natureza, como a madeira e as plantas.

O fato de ser um tom que não sofre muita incidência de luz, faz com que ele transmita paz e tranquilidade, além de emanar esperança.

Lembrando que a mistura de vermelho e verde no mesmo ambiente não é indicada, já que as duas cores são quentes e “brigarão” entre si.

Na cromoterapia em ambientes, acredita-se que banheiro é um local carregado e que drena as energias das pessoas na casa.

Por isso, o verde é uma ótima cor para decorar esse cômodo. Também é indicado para dormitórios de indivíduos com problemas de saúde, já que ela ajuda a trazer progresso mental e vitalidade.

cromoterapia azul

Azul

Azul é a cor relacionada ao elemento água e gera energias ligadas à serenidade e paz.

É muito utilizada para estimular criatividade e harmonia entre mente e corpo. É por isso que nos deparamos com consultórios médicos e escritórios repletos de tonalidades azuis.

O azul é indicado para quartos, pois estimula a tranquilidade e ajuda a regular o sono. Se você é uma pessoa ansiosa e agitada, considere pintar as paredes do seu dormitório dessa cor.

Para evitar monotonia, combine-a com outras cores leves.

cromoterapia violeta

Foto: Essência Móveis

Violeta

O violeta é a cor ligada à espiritualidade e seus efeitos ajudam a purificar, transformando energias negativas em positivas. No entanto, evite usá-la em demasia ou em tons escuros, pois estimula a introspecção.

Pode ser aplicada em qualquer ambiente da casa, já que é um tom “coringa” e que contribui bastante com a saúde.

cromoterapia branco

Foto: Essência Móveis

Branco

Por fim, o branco é a cor ligada às energias divinas, sendo a maior responsável pela transmissão de paz. Seu uso potencializa as outras cores, mas o excesso pode causar monotonia, incômodo e sensações de vazio e tristeza.

Também é considerada uma cor coringa e pode ser combinada com outras cores em qualquer ambiente da casa.

Gostou dessas dicas de cromoterapia para ambientes? Então, com certeza você também vai gostar das nossas dicas para manter a casa organizada!