12 Maio 2020

5 vantagens de morar sozinho em um apê só seu!

Compartilhe:

A ideia de viver sem a companhia de um familiar, amigo ou qualquer pessoa, pode parecer um tanto solitária. Mas quem adora privacidade, paz, fazer o que quiser e a hora que quiser, pode ver a situação de outra forma e curtir todas as vantagens de morar sozinho.

Ter a casa inteira só para você, comer o que der vontade, lavar somente a própria louça, ouvir música no banho e tudo mais que sua criatividade permitir, são apenas alguns dos benefícios desse estilo de vida.

Pensando nisso, preparamos este conteúdo para você que está considerando comprar ou alugar um imóvel para morar só. Acompanhe a leitura para conferir as 5 vantagens de morar sozinho!

 

1. Você não precisa de muita louça

Sejamos sinceros: ninguém gosta de lavar louça e essa é uma das tarefas mais chatas que somos obrigados a fazer em algum momento quando vivemos com outras pessoas.

Ao morar só, além de ter menos louça guardada nos armários, você lava somente aquilo que usou. Sem precisar se preocupar com a louça de toda a família.

É claro que, quando receber amigos no seu apartamento, terá um pouco mais de trabalho, mas não será todos os dias.

 

2. Privacidade é a palavra-chave

Uma das maiores vantagens de morar sozinho, sem dúvida, é que você conhecerá a verdadeira definição da palavra privacidade.

Poderá andar pela casa como quiser e se esquecerá da última vez que a porta do banheiro foi fechada. Pode parecer pouco, mas essa é apenas uma das pequenas liberdades que você poderá usufruir todos os dias.

Morando com seus pais, pense em quantas vezes você não pôde fazer algo que queria para não incomodar, invadir o espaço ou por respeito.

Ao morar sozinho, todos os espaços da casa são exclusivamente seus. Essa é uma experiência que contribui com seu autoconhecimento. Você acabará descobrindo muitas coisas sobre sua própria personalidade que sequer sabia que existiam.

 

3. Barulho à vontade

Você gosta de assaltar a geladeira de madrugada, mas precisa andar nas pontas dos pés para não acordar a casa inteira? Pois bem, uma das vantagens de morar sozinho é que isso nunca mais será uma preocupação.

Gosta de deixar o volume da televisão bem alto ou ouvir sua playlist preferida o dia inteiro? Poderá aproveitar tudo isso o quanto quiser. Lembrando sempre de respeitar os vizinhos, é claro.

 

4. Sua casa, seu café, suas regras

Se você conquistou o sonho de morar sozinho, sentirá um dos maiores prazeres que a vida pode oferecer: criar suas próprias regras. Você é quem decidirá a hora de dormir, acordar, cozinhar, limpar a casa e organizar as coisas.

Não importa se você prefere o café forte ou fraco, a comida mais salgada ou apimentada, o fato é que ninguém te questionará sobre nada. Afinal, você é responsável por todas as contas e por tudo que compra e isso te dá todo o direito de tomar as decisões que quiser.

 

5. Amadurecimento natural

Se você não tem o hábito de lavar, passar e guardar as próprias roupas, fazer a própria comida e limpar a casa, pode ser que no começo desta empreitada sofra um certo choque de realidade. No entanto, uma das maiores vantagens de morar sozinho é justamente o amadurecimento que as experiências trarão com o tempo.

Você aprenderá a ter responsabilidade financeira, maturidade e disciplina. Afinal, mesmo que você não tenha a obrigação de manter a casa brilhando e extremamente organizada o tempo inteiro, ninguém gosta de viver em um lugar sujo e cheio de coisas jogadas por todos os lados.

Basicamente, morar sozinho é um aprendizado no qual você descobre que a ausência de pessoas pode ser valiosa para seu caráter e formação como ser humano. Você dará mais valor a atos simples do cotidiano, como fechar as janelas ou tirar as roupas do varal quando achar que vai chover.

Como você pôde conferir, existem tantas vantagens de morar sozinho que não caberia nesta lista. No começo, pode ser desafiador, mas não tenha dúvidas de que será uma das experiências mais incríveis de sua vida.

Se você tiver um animal de estimação para te acompanhar nessa jornada, a transição pode ser mais fácil. Portanto, não deixe de conferir os cuidados básicos a se ter ao adotar um animal de estimação!