Como investir em imóveis: 4 coisas que você pode estar esquecendo

FONTE: -A +A
COMPARTILHAR:

Pensando em investir

Investir no mercado imobiliário pode ser muito vantajoso, mas é preciso ter atenção a alguns detalhes para não ter prejuízo. Veja algumas dicas que separamos para planejar um investimento em imóveis de forma mais consciente:

Compra do seu imóvel:

1.      Saiba o valor total da compra de um imóvel antes de comprar

Há muitos valores envolvidos na compra de um apartamento novo ou usado além do valor do imóvel. É preciso ter bastante atenção a eles para evitar dores de cabeça. Para ter segurança sobre o real valor total do investimento converse com um bom agente imobiliário. Ele vai informá-lo sobre custo com cartórios, despesas ligadas a compra e vendas, e o imposto de transmissão de bens imobiliários (ITBI).

2.      Pesquise, pesquise e pesquise!

Uma vez que você está ciente de cada detalhe das suas finanças, é hora de iniciar as pesquisas dos imóveis com bom potencial de investimento. E essa etapa exige muita atenção!

O primeiro passo é a pesquisa on-line. Pesquisar pela Internet oferece uma grande quantidade de ofertas, assim como a possibilidade de compará-las e já fazer uma seleção das mais interessantes. Uma vez que você já sabe quais investimentos são mais atrativos, pense em um roteiro dividido por regiões.

Agora começa uma pesquisa presencial. Visite os imóveis para confirmar o que observou na Internet e atualizar as informações. Aproveite também para visitar outras opções que não estavam disponíveis na web. Outro favor importante é avaliar bem a região. Serviços, vias de acesso, potencial de crescimento, tudo isso vai influenciar o preço de venda ou aluguel tanto agora quanto no futuro.

Se você conhece pessoas de confiança que entendem sobre o assunto, compartilhe as informações que colheu e discuta as melhores opções. É possível que elas percebam alguns detalhes interessantes que você não notou.

Alugar meu apartamento pode ser mais vantajoso que vender?

3.      Quando alugar um imóvel é vantagem?

Essa decisão é muito pessoal e pode ser influenciada por diversos fatores externos e também planos futuros, mas existe uma dica baseada em números que é sempre relevante!

Vamos supor que você tem um imóvel no valor de R$ 150 mil. Se você fosse vendê-lo e aplicasse o dinheiro em um investimento seguro de renda-fixa (geralmente 0,5% ao mês) você receberia mensalmente R$750. Logo, seu aluguel deveria custar no mínimo 0,5% do valor do imóvel (R$ 750). Se o valor que está conseguindo no aluguel é inferior a esse, seria melhor pensar em vender o imóvel e investir esse montante.

4.      Qual o melhor momento para vender minha casa?

Muitas coisas devem ser levadas em conta para se vender a um bom preço e com rapidez. O clima agradável, a presença ou a ausência de alunos circulando pelas ruas, cada pequeno detalhe pode inspirar mais o cliente a fechar negócio.

Além desses pequenos detalhes é preciso estar de olho no mercado. É necessário acompanhar a confiança dos consumidores e saber se as taxas de juros estão em baixa. Observe também as notícias sobre as taxas de desemprego: quanto menores, maior é o déficit habitacional.

checklist de investimento

Faça um checklist e confira se não está esquecendo nenhuma das etapas. Agora você está mais preparado para colocar em prática seu sonho de investir em um imóvel. Comece suas pesquisas o quanto antes e faça seu dinheiro render!

COMPARTILHAR:

COMENTÁRIOS:

E ai, o que achou?
Deixe o seu comentário!